15/11/09

El Lissitzky

"Bate os brancos com a cunha vermelha"

Este cartaz, é uma das obras marcantes do construtivismo russo, movimento artístico iniciado nos primeiros anos de Revolução Soviética.

Foi concebido por El Lissitzky, (1890-1941), como instrumento de propaganda na guerra contra o exército branco da contra-revolução, em 1920.

Os construtivistas concebiam as suas pinturas e esculturas mais como construções do que como representações, criando tensões e equilíbrios entre formas geométricas, que acentuavam o movimento no espaço.

Através da criação de objectos artísticos de propaganda e mobilização de energias colectivas, inovaram, de forma radical e comprometida, a comunicação entre as artes e uma sociedade que vivia, nesses anos, as mais mais profundas transformações que a humanidade produziu no século XX.

Dos artístas dessa geração (El Lissitsky, Rodchenko, Tatlin, Malevich, o poeta Mayakovsky, o cineasta Eisenstein...) se pode dizer que, esses sim, derrubaram muros.

2 comentários:

Graciete Rietsch Monteiro Fernandes disse...

Eduardo outra vez parabens. Que boa definição de construtivismo. Muito gostava que certas pessoas que que eu conheço o lessem!!!
"Esses sim derrubaram muros". Que bonita e verdadeira frase! As pessoas falam muito mas esquecem-se que, após a vitória da Revolução, a União Soviética tinha que combater no seu próprio território o exérito branco, o exército alemão e todos os poderosos que se lhe opunham. Beijos para todos.

Anónimo disse...

Ei Eduardo...adorei! E tenho uma pergunta...q tipografia-fonte foi usada nesse trab, ou conhece alguma parecida?
obrigada

pode me mandar um e-mail?
iara_lage_sr@hotmail.com