26/02/10

Há um jornal diferente

Há cinco minutos, acabei de saber, pelo Avante!, que o Partido Comunista do Chile se encontra confrontado com uma situação de ilegalização.
Pinochet de novo!
O império contra-ataca!
Face ao choque desta surpreendente notícia, ocorrem-me, de imediato, duas interrogações:
1.ª Como foi possível só agora saber isto?
2.ª Que noticiário democrático se ENCRESPOU contra este atentado ao Partido de Neruda?
Entretanto, hoje, a Venezuela foi notícia de telejornal porque faltou a luz durante uma intervenção televisiva de Hugo Chavez.
Leio no Avante! que, naquele país, o salário mínimo vai aumentarr 25%.a partir de 1 de Março.
Critérios jornalísticos...

2 comentários:

olmanita disse...

Que mundo é o nosso?
Porque se ilegalizam aqueles que sempre estiveram à frente da defesa das reais exigências de um Mundo verdadeiramente justo? Um mundo em que não se explorem os trabalhadores, em que não haja oportunismos nem atropelos...
Um mundo de respeito e colaboração em que Todos e Todas, sem falsas competitividades, contribuem para o Bem Comum...

Graciete Rietsch disse...

Estou totalmente de acordo com a Olmanita. Li também num jornal, numa pequeníssima notícia, que o tal prisioneiro em greve de fome,em Cuba, afinal morreu num hospital. E não foi no Avante que li a notícia. Quem quiser que tire as suas conclusões.
BEIJOS